12 de julho de 2010

Hoje tive uma sensação, um sentimento chamado Saudade que me invadiu o coração ... E uma novidade na minha vida, afinal as minhas lágrimas não secaram como há muito eu pensava ... Sim, hoje escorreram-me lágrimas por tua causa ... Nunca pensei que isto fosse acontecer. Não consigo perceber o que aconteceu, não entendo porque é que me deixaste, porque é que me abandonaste, porque é que me deixaste aqui desamparada sem ninguém a quem me agarrar, porquê?? Eu sei que nem tu tens resposta, eu conheço-te bastante bem, apesar de achares que não. Eu sei que não tens culpa mas só te peço um momento em que possamos falar de tudo o que nos aconteceu, de tudo o que nos separou, de tudo o que nos separa ao longo destes 4 anos, em que possamos esclarecer as coisas, as dúvidas todas que me atormentam o juízo todas as noites. O nosso Amor é diferente, o nosso Amor não é um Amor de paixão, é um Amor de "obrigação", muitas vezes penso que é assim que tu achas que é, amas-me porque me tens de amar, amas-me porque é uma "obrigação" que te apareceu à frente quando nasci, uma "obrigação" da qual não podes fugir como fazes sempre com as coisas, com os temas que não te interessam, ainda hoje fizeste isso mas sinceramente, faço por não querer perceber, não por ti, por mim, para não me magoar ainda mais do que aquilo que já estou ... Eu prefiro acreditar que me amas a sério porque preciso de me mentalizar disso porque senão vou-me totalmente abaixo ... Quero acreditar que o nosso Amor existe e vai existir sempre, independentemente de quem se meta no meio de nós porque eu AMO-TE de verdade! Juro que não te entendo, juro que adorava perceber o teu lado, a tua cabeça, o teu pensamento, o teu coração, a tua lógica ... E sim, já tentei, não me podes acusar de não ter tentado mas NÃO CONSIGO!
Já não tenho forças para continuar, para lutar por ti, perdi-as todas, acabaram, parece que se evaporaram ...
"É por ti que na noite eu chamo"

(Amo-te muito, hoje e sempre, acima de tudo)




Sem comentários:

Enviar um comentário